© 2023 por Fazendo Barulho. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • Facebook Clean Grey
  • Instagram Clean Grey
  • Twitter Clean Grey
  • YouTube Clean Grey

10 dicas infalíveis para você começar a correr hoje (e correr de novo amanhã)

22.09.2015

 

"Van, quero começar a correr, o que eu faço?" 


Essa pergunta SEMPRE aparece na conversa quando o assunto é corrida. Na verdade se for pra só começar mesmo, a resposta é bem simples, e se eu fosse uma pessoa direta, responderia em apenas duas dicas:

1) calce um par de tênis,
2) vá! :D

Mas não, não sou direta. E entendo que quem me pergunta isso não quer apenas começar a correr, mas sim tornar a corrida um hábito. Então, apesar de ser um tanto quanto clichê, antes de começar a resposta, vou dizer o que todo mundo já sabe: precisa querer começar. A mudança de postura pra levantar da cama num domingo de manhã e ir pro parque, ir pra academia enquanto você poderia estar assistindo novela comendo Doritos em casa e vencer tantas outras tentações que a vida impõe como obstáculos é o primeiro passo para o começo de um triângulo amoroso entre você, as pistas e seus tênis.

Pense em uma pessoa descoordenada e desastrada. Agora pense em uma pessoa descoordenada e desastrada com 1,63m (há controvérsias de que na realidade seja 1,61m).  Essa sou eu. Desde pequena sempre pratiquei esportes mas, creio que pelas características mencionadas acima, nunca fui, assim, bem sucedida em nenhum. Vôlei? Tentei carreira como ponta e até cheguei a fazer parte da seleção do colégio, mas era um desastre. Handebol? Faltava agilidade. Basquete? Quem sabe com uns 15 centímetros a mais. Natação? Me esforcei, mas tinha que dar 4 braçadas e pernadas, enquanto minhas amiguinhas davam uma, para acompanhar o resto do cardume.

Frequentei academias com certa regularidade a partir dos 15 anos. Pulei de aula em aula entre axé (na época Harmonia do Samba e Terrasamba estavam no auge - pausa: IMAGINA A CENA!), lutas, todos os Body’s da vida (pump, combat, jump, e o que mais existisse), mas nunca encontrava nada que conseguisse praticar por mais de um ano. Sou de gêmeos, dizem que a gente se desinteressa fácil pelas coisas, deve ser por isso. 

Com a corrida foi diferente. Bati meu recorde de 3 anos praticando o mesmo esporte e conto pra vocês quais foram as  coisas me ajudaram a não desistir e desencanar da corrida para começar a fazer esgrima, squash ou algum outro esporte que eu não tenha praticado ainda.

Seguem as 10 dicas infalíveis para começar a correr hoje, e principalmente, correr de novo amanhã:

 

1) Estabeleça uma meta que a corrida vai te ajudar a alcançar 
Seja entrar no vestido da formatura daqui um ano (true story), diminuir o colesterol ruim até o retorno no cardiologista daqui 3 meses, ou vencer uma aposta com seus amigos para ganhar uma caixa de cerveja. Ter uma meta a ser alcançada, um prazo para conclui-la e um resultado palpável para medir seu sucesso ajudam a manter o foco e não desistir de ir correr mesmo quando até lavar o banheiro de casa parece mais legal.

 

2) Respeite os limites do seu corpo e TENHA PACIÊNCIA
Não é na primeira semana correndo que você já vai destruir nos 21km sub 2 horas. Pelo menos não sem se machucar e por isso passar 2 meses de repouso sem poder correr de novo. Comece devagar, intercalando corrida e caminhada até condicionar seu corpo e aguentar correr distâncias maiores seguidamente. É sério: melhor 5 km de corrida intercalados com caminhada 3 vezes na semana do que 10 km direto em um dia, sem treino, e uma semana inteira de molho porque você estirou seus músculos da panturrilha. Seja paciente.

 

3) Insira a corrida na sua agenda
A disciplina do começo depende só de você. Tem uma rotina imprevisível no trabalho e nunca sabe que horas vai chegar em casa? Vá correr de manhã. Não consegue acordar cedo? Vá na hora do almoço. Marcaram um happy hour bem na hora que você ia correr? Chegue um pouquinho mais tarde e vá correr antes. É muito mais fácil arranjar uma desculpa, mas quem não pratica, não petisca no happy hour (pelo menos não sem peso na consciência por ter enforcado o treino do dia =P). Gosto da corrida justamente pela flexibilidade de horários que ela proporciona, mas se você é daquele tipo de pessoa que só funciona com compromissos marcados, que tal se inscrever em um grupo de corrida toda terça e quinta? Tem alguns de graça que podem te ajudar nesse começo!

 

4) Convide seus amigos e familiares para correr com você
Chamar alguém pra correr com você é uma outra forma ótima de se disciplinar a não deixar a corrida de lado. Se marcou com alguém, tem que ir! Afinal, o único bolo que a gente gosta de levar é aquele que sobrou da festa de aniversário de 3 anos da priminha, né? Combine com seu amigo de correr em um lugar legal, apareça (!), aproveite para botar o papo em dia e conversar sobre a vida entre uma respiração ofegante e outra. Vocês fazem exercício e passam tempo com alguém querido, olha só!

 

5) Acompanhe sua evolução e comemore 
Existem muitos aplicativos de monitoramento de corrida para o celular e com eles você consegue acompanhar sua evolução, mostrar pro mundo os quilômetros que você corre compartilhando os resultados nas redes sociais, se motivar com as mensagenzinhas a cada corrida finalizada e, se você for uma pessoa competitiva, pode desafiar seus amigos também! Eu utilizo o Nike Running, gosto bastante da interface que ele tem com o usuário, e também o Runkeeper, mas só para sincronizar as corridas com o Movamais (conto sobre ele em um próximo post ;D).

 

6) Se inscreva em uma corrida de rua
Se não quiser se inscrever, vale aparecer de pipoca também. Ter uma data para correr certa distância é algo que me ajuda até hoje a não fugir dos treinos e tentar melhorar cada vez mais. Comece com uma de 5km e vá aumentando aos poucos. A atmosfera da corrida de rua é muuuuuiiito animadora e a chance de você se viciar é altíssima. No site Sua Corrida tem um calendário bem completo com provas em todo o Brasil.

 

7) Teste trilhas sonoras diferentes e descubra qual batida te motiva
Eu corro ouvindo música desde sempre. Sabe quando você acionava o turbo do MarioBros enquanto jogava Mario Kart? Pra mim a trilha sonora tem esse poder! Antes ouvia playlists prontas, mas agora resolvi atacar de DJ e estou criando as minhas próprias no Spotify. Tenho uma MUITO eclética que fiz para a Meia do Rio. Experimentei um dia correr ouvindo reaggaeton e consegui meus primeiros 5km abaixo dos 25 minutos nesse ritmo latino. Funk, rock, hip hop, eletrônico, sertanejo... Encontre a batida que te empurra pra frente e vai que vai! Experimente correr sem música também, ouvindo podcasts, livros... Vale testar tudo pra tornar sua corrida ainda mais prazerosa.

 

8) Tenha tênis e roupas confortáveis
Correr com tênis adequados e roupas confortáveis, leves, que não apertem suas dobrinhas (não tô chamando você de gordo, tá? todo mundo tem algo que dobra no corpo!) é essencial para evitar lesões e assaduras que incomodam (muito!!!) e podem te afastar das pistas por um tempo. Sabe aquele conselho de tia de que quando casar, sara!? Melhor não ter que esperar isso acontecer e evitar se machucar, né?

 

9) Alterne suas pistas 
Para evitar enjoar dos locais de treino, sempre vario o máximo que eu puder. Um dia na esteira do prédio, um dia no parque, um dia na academia, um dia em outro parque, um dia na avenida de casa... A mudança de cenário, solo e inclinação é válida pra dar dinamismo aos seus treinos com trajetos que exigem esforços diferentes do seu corpitcho, e de quebra te leva a conhecer lugares novos. Aposto que tem uma padaria a menos de 2 quilômetros da sua casa, naquela rua que você nunca passou, e você nem sabe!

 

10) Não se compare com os outros
Por último e MAIS importante: não se cobre tanto. Não se sinta mal porque você não conseguiu correr 5km seguidos e 10 minutos depois viu que seu amigo publicou uma foto da linha de chegada do IronMan. Com as redes sociais e a grama do vizinho sempre parecendo mais verde é difícil não se comparar, eu sei. Mas cada pessoa tem um organismo diferente, mais ou menos disponibilidade para treinar, um ritmo, uma pisada, uma passada, um objetivo. A corrida é um esporte em que a única comparação que interessa é com uma pessoa que você conhece muito bem: você mesmo. Acredite: correr mais quilômetros, mais rápido ou em um terreno mais íngreme do que VOCÊ correu ontem é a sua maior vitória. Orgulhe-se disso.

 

 

Deu vontade de começar? Já corre e tem uma dica que eu não citei? Conta aí nos comentários! :)

 

 

Please reload

Modalidades