© 2023 por Fazendo Barulho. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • Facebook Clean Grey
  • Instagram Clean Grey
  • Twitter Clean Grey
  • YouTube Clean Grey

7 dicas inusitadas para que o tempo passe mais rápido na esteira

17.11.2015

É só você colocar o pé na esteira para parecer que entrou em uma máquina de tortura? Pois bem, faz todo o sentido. O pai da esteira ergométrica, nossa grande aliada dos dias de tempo ruim, foi um equipamento desenvolvido no século 19 para torturar presidiários ingleses. Naquela época, o sistema penal inglês era mais rígido que pesagem de lutador de UFC. Os presos eram obrigados a andar 6 horas por dia em uma espécie de roda com degraus, similar aos aparelhos de escada atualmente, que bombeava água e moía grãos. Isso ajudou a economia inglesa na época da crise (#ficadica, Brasil!) e deixou os presos magrinhos. E machucados, e debilitados, alguns morreram, enfim... melhor mudar de assunto.

 

 O pai da esteira. Fonte: Segredos do Mundo

 

As rodas foram banidas da Inglaterra, mas por volta de 1960, comprovados os benefícios da atividade aeróbica que o antigo equipamento proporcionava, ele foi repaginado para o modelo de esteira que conhecemos hoje. Para mim, o inventor da esteira ergométrica desbancou Newton e Einstein e é o maior físico da história. Na boa, as leis de tempo e espaço que regem todo universo NÃO se aplicam às esteiras, porque o tempo na esteira passa MUITO mais devagar do que em qualquer lugar do mundo. Temo a pensar que elas são máquinas do tempo.

Se você também sofre quando tem que apertar o botão “iniciar” dessa máquina e tem vontade de jogar seu tênis na primeira pessoa que passar na sua frente quando pensa que correu meia hora, mas olha no relógio e não se passaram nem 5 minutos... seus problemas acabaram! Conheça as 7 dicas (algumas inusitadas, outras nem tanto) para fazer com que o tempo passe mais rápido (ou pelo menos, menos devagar) na esteira:

 

1) Assista a algo interessante enquanto corre

Se você corre na esteira da academia, não consegue escolher o que passa na TV e é míope assim como eu, esqueça essa dica e pule para a número 2.

Vale assistir jornal, seriado, programa de decoração, a história de como nascem os elefantes ou um filme de terror (cuidado para não cair com os sustos!). Qualquer coisa que te tire a atenção do relógio é bem-vinda.

 

2)  Aposte corrida com a pessoa do seu lado

Dica não aplicável a quem corre em locais com apenas uma esteira, sem companhia. Se este é seu caso, pule direto para a número três.

Essa é uma forma de fazer com que você não desista da esteira nos primeiros 3 minutos. Estipulem uma meta, seja de tempo ou distância e deem início ao duelo! Para deixar ainda mais motivador, porque não apostar um chopp depois da corrida naquele bar do lado da academia? Ou um copo de Whey. Ou 50 abdominais pra quem perder. Tudo menos nudes (que ideia de girico, aliás).

 

3)  Tente adivinhar quanto tempo já se passou ou quantos quilômetros você correu

Altas chances de frustração nas primeiras vezes, mas depois você pega o jeito!

Para isso, você vai precisar de uma toalha de rosto, cola de bastão e uma tesoura sem ponta. Mentira, desconsidere os dois últimos itens. Utilize a toalha para cobrir o relógio da esteira e, quando bem entender, tire-a de cima do relógio para ver se você está bom de chute e acertou quanto tempo correu. Para que ninguém da academia pense que você é louco (nããão, imagina!), use a toalha para secar o suor. Se você não consegue desviar o olhar de um relógio na parede, cubra o mostrador da quilometragem e jogue este jogo da adivinhação tentando adivinhar qual a distância já percorrida.

 

4) Mude a velocidade e a inclinação... o tempo todo

Explore todas as funcionalidades que a nossa querida amiga tem a lhe oferecer.

Eu sou dessas pessoas que passa metade da corrida na esteira apertando os botões de cima para baixo e de baixo para cima. Não sou muito fã dos programas prontos de mudança de velocidade porque eles SEMPRE me pegam desprevenida e eu já quase caí várias vezes. Então eu mesma fico ali mudando a velocidade de 30 em 30 segundos, de minuto em minuto... Não tem regra. Aproveite a esteira para controlar o ritmo da sua corrida e atingir marcas que a rua às vezes não ajuda. Você pode se surpreender com a velocidade que consegue chegar. #secuidabolt!

 

5) Estabeleça metas curtas

E depois que você atingir a meta, você pode dobrá-la ;D

Correr 500 metros em 4 minutos, aguentar 30 segundos na velocidade de 14km/h, completar 1km com a inclinação de 5%... A cada mini-desafio concluído, uma mega satisfação e quando você percebe... se passou meia hora. UFA! Pode até tomar um gole de Gatorade quando acabar algum desses desafios como prêmio! (Uau, hein Van? Que prêmio!)

 

6) Feche os olhos e se imagine em outro lugar

Dica com altos riscos de acidentes.

Dê asas a sua imaginação. Maratona de Nova York? IronMan de Fortaleza? Meia maratona de Buenos Aires? Aquele parque que você adora? Feche o olho e se transporte para qualquer outro lugar do mundo. Só tome cuidado para não cair.

 

7) Dance

Essa dica exige certa habilidade e malemolência, mas não custa tentar.

No mínimo, você vai divertir todo mundo ao seu redor.

 

Se um hamster é capaz de correr 13km em uma rodinha, durante uma noite, com aquelas perninhas minúsculas... Você é capaz de vencer a monotonia da esteira e bater seu recorde pessoal com essas dicas também! Se você conhece algum outro truque, conta aí nos comentários. E se tentar algum deles, ME CONTA COMO FOI POR FAVOR! Espero que você se divirta e vá corrindo pra esteira mais próxima ;)

 

Para saber mais:

+ Mega Curioso: Esteira ergométrica: de máquina de tortura a equipamento fitness.  

+ TED-Ed: O passado obscuro e distorcido da esteira para correr (com legendas em português)

 

Please reload

Modalidades