© 2023 por Fazendo Barulho. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • Facebook Clean Grey
  • Instagram Clean Grey
  • Twitter Clean Grey
  • YouTube Clean Grey

Asics Half Marathon

10.08.2016

Antes tarde do que nunca! 

No último domingo de julho, em São Paulo, aconteceu uma das provas mais esperadas do calendário dos corredores do Brasil: a Asics City Marathon e Half Marathon, com seus percursos de 42 e 21km. Pelo amor s2 que tive pela W21k da Asics ano passado, assim que as inscrições abriram, logo fiz a minha e lá fui eu pra minha 5ª meia maratona da vida :) Dessa vez, a prova foi organizada pela Iguana e patrocinada pela Asics, mas ainda assim, acho que veio para ficar! A organização caprichou nos detalhes e com certeza deixou a grande maioria dos 15.000 corredores satisfeitos.

O nível de atenção com os corredores já superou o de outras provas pelos vários e-mails de incentivo e dicas para prova enviados pela organização. A estrutura da prova também prometia ser bem boa. E então, quando divulgaram o percurso, surgiu um misto de euforia e frio na barriga. A prova selecionou trechos de corridas tradicionais paulistanas: a São Silvestre e a Maratona de São Paulo, passando por vários pontos turísticos e marcantes da cidade. Isso incluia o quê? A subida da Brigadeiro Luis Antonio. Pronto, medo instaurado na cabecinha aqui.

 

 Eu que sempre gostei de Brigadeiro comecei a querer distância dessa palavra...

 

Meu coach, Belino, não foi muito a favor de eu correr a prova por ser um percurso pesado e meus treinos ultimamente não terem passado de 8 e 10km. Mas, como estava "preparada psicologicamente", ele liberou, alertando para o risco de lesão. E realmente, psicológico é tudo! A empolgação de todas as amigas Bravas inscritas, os treinos de preparação e a aposta que fiz com meu namorado (a gente sempre tem dessas!!! hahah) me motivaram a não desistir e botar mais 21km na conta! ;D

A retirada dos kits aconteceu 2 dias antes do evento (o que eu achei pouco), mas com uma feira que até então eu só tinha visto na Meia Maratona do Rio, ano passado! Fila pra pegar o kit super rápida, várias palestras ao longo do dia (assisti apenas parte de uma sobre o percurso da prova), massagem, lojinhas, teste de pisada, teste de tênis, análise de postura na corrida... váááárias coisas!!!! Dava pra passar o dia todo lá.. haha

 

O local das palestras

 

Só fiquei decepcionada com a qualidade da camiseta Esperava uma Asics, veio uma X... mas tudo bem! Quem quisesse comprar uma da Asics especial para a prova, tinha que pagar 100 temers... e eu fiquei bem de boa.

O kit!

 

A fila pra tirar essa foto era a mais longa que a fila pra pegar o kit!

 

Depois da retirada do kit, minha preparação na véspera da prova foi relaxar e ir pro bar! Claro que não pra chutar o balde, mas confesso que dois choppinhos ajudaram a diminuir a ansiedade e conseguir dormir mais rápido. Porque normalmente minhas vésperas de prova são assim:

 

 

Não consigo dormir por nada na vida! hahaha

 

Acordei para correr às 4h da manhã, tomei café da manhã e partiu Pacaembu ainda de noite praticamente porque a largada era 6:20h da manhã! Um friiiooo de lascar mas mesmo assim, encontrei com as Bravas e foi festa mesmo antes da corrida começar!

 

 

 

Nem parecia 6 da manhã!

 

Larguei junto com a Anninha e o Diogo e corri a prova toda com o Diogo ;) Nossa corrida estava valendo um jantar preparado por quem perdesse sendo que o outro não ia nem encostar na louça pra lavar depois! hahaha! 

 

 Eu e o Diogo 

 

E gente, QUE PERCURSO! Pra mim o melhor até agora depois da Meia do Rio. Os prédios do centro, Teatro Municipal, Sala São Paulo. A Brigadeiro tão temida, que no fim não foi tããão difícil assim. Principalmente quando você tá correndo e vê uma pessoa correndo de muletas do seu lado. Eita superação.

 

 A foto não é da Brigadeiro em si, mas cruzei com esse moço na corrida... QUE SUPERAÇÃO!

 

A avenida Juscelino Kubistchek em que passo todos os dias mas nunca correndo, os túneis... foi demais. Cansou? Demais também. Em um dos túneis eu já tava bem cansada e gritei ao finalmente ver a luz no fim do túnel quando ele estava acabando! Tum dum tssss! Mas muita gente sofreu nesse momento, de verdade.

Rumamos ao Jockey e aí é só alegria. Ainda sobrou um pouquinho de fôlego pra dar um sprint final! No fim das contas, ganhei do Diogo de novo por alguns milésimos mas durante a corrida combinamos que a diferença de um segundo seria empate técnico. Justo né? A nossa aposta no fim não deu em nada mas valeu de motivação no início! Casais corredores, fica a dica! Hahaha!

Completei a prova em 02:04:46, não foi meu melhor tempo mas pro nível da prova, acho que foi ótimo! =) Melhor do que eu esperava.

Pouco depois que eu cheguei, já chegaram os primeiros concluintes da maratona! Que força dessa galera! O campeão da meia maratona, Marilson dos Santos, que fez sua última prova antes da Maratona das Olimpíadas (dia 21 galera, fiquem ligados!), completou em 1:04:42, e o campeão da maratona fechou em 2:27:56. :OOO Só 23 minutos depois que eu... detalhe que corri 21km e ele 42! hahaha

Na Arena da chegada tinha show do Homem de Lata (relembrando São Carlos! =D), massagem, crioterapia, Skol Ultra, bandagem, e tudo mais! O que eu não sei é se a gente faz mais amigos porque corre ou corre porque faz mais amigos... porque agora as corridas tem sido de muitos encontros =)

 

 Eu, Van xará, Nina e Chris, que conheci na Nike Women Victory Tour! Bom ver vocês meninasss =)

 

 

 

Mais uma meia maratona pra ficar guardada no coração e uma medalha pra coleção! =D A organização tá de parabéns e já cogito me inscrever na prova do ano que vem! Quem quer sentir um pouquinho como foi... assiste esse vídeo aqui!

 

Continuem sempre corrindo!

Please reload

Modalidades