© 2023 por Fazendo Barulho. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • Facebook Clean Grey
  • Instagram Clean Grey
  • Twitter Clean Grey
  • YouTube Clean Grey

Como o Luciano começou a correr

18.09.2018

O Luciano Ferreira, @luciano.llf, tem 29 anos, mora em Curitiba e conta para nós como foi o seu início no mundo das corridas!

“No ano de 2015, tinha além de uma vida sedentária, hábitos alimentares horríveis. Pesando 88kg, não aceitava mais as condições em que eu estava vivendo e entrei em uma academia. Comecei as rotinas diárias de treinos, as corridas na esteira e ali já comecei a tomar um gosto pela corrida. Porém não corria na rua. Quem conhece Curitiba sabe que temos avenidas (as canaletas) em que circulam os biarticulados (BRTs em outras cidades) e uma vez na semana corria lá. Esses foram meus primeiros contatos com a corrida. Nada além dos 5km, mas naquele momento meu objetivo era emagrecer e consegui.

Mudei meus hábitos alimentares e com muito esforço emagreci 15kg. Depois de emagrecer e ''perder o peso'', saí da academia em 2016. Me dediquei ao trabalho, trabalho e trabalho, até que em certo ponto estava tudo certo. Pelo menos na minha cabeça, estava mantendo meu peso e estava tudo tranquilo.

Em novembro de 2016, fiquei desempregado. Foi um fato que me abalou profundamente, trouxe-me depressão e a comida foi meu refúgio. Comendo, comendo e comendo, achei todos os quilos perdidos em 2015. Além do excesso de peso, tinha que enfrentar a depressão. Situação que perdurou até setembro de 2017.

Certo dia me olhei no espelho e conversando com Deus disse a ele: Qual meu problema? Sou jovem, tenho pais maravilhosos, uma namorada incrível e companheira, tenho profissão...

Enfim decidi que tinha que dar uma virada na minha vida e voltar a ser o que eu era. Fui caminhar, tomar um sol e tentei dar uma volta na praça correndo. Claro que não consegui, porém sabia que eu conseguia correr pelo menos 5km sem parar. Comecei me alimentar melhor, fiz dieta, tinha planilha de corrida e comecei a correr também nas praças e nas ruas do meu bairro. Os resultados foram surgindo, logo fui eliminando peso e minha vida começou a melhorar em todos os aspectos. A depressão já não existia mais. O meu problema já não era o maior do mundo, enquanto antes eu achava que era.

Arrumei outro emprego e não parei mais com as corridas. Hoje corro por amor ao esporte e a corrida foi o elemento chave para eu mudar minha vida para melhor. Tive apoio de amigos e familiares, pois sem eles e sem Deus na minha vida, talvez nem estaria aqui para contar essa virada de vida que tive exatamente há um 1 ano. Corro de forma amadora mas quero correr provas, meias maratonas e maratonas também. Este dia para mim é uma alegria, confesso que até uma lágrima rolou do meu rosto, de felicidade em poder estar compartilhando com vocês essa história. Talvez não a mais bem relatada, mas a real de uma pessoa normal.

Continuo sonhando com paces menores, com distâncias maiores, e é incrível como na vida nós mudamos os objetivos. Ontem eram 5km sem parar, hoje penso em provas e tempo menor. Acredito que para quem quer começar, vencer vícios ou a depressão, o primeiro passo é acreditar em você mesmo. Só você pode mudar sua situação e escrever sua história.

 

Muito inspirador, né?

 

Também quer contar a sua história? Deixe seu e-mail nos comentários e entrarei em contato com você!

Please reload

Modalidades